VEGANO E CRUELTY FREE: ENTENDA A DIFERENÇA

Diante de todas as possíveis faces do veganismo, o universo de cosméticos e produtos de beleza tem ficado cada vez mais em evidência para diferentes pessoas que, mesmo não totalmente engajadas no movimento, se importam e baseiam suas decisões de compra a partir dos valores de uma marca. Com a pauta da exploração animal cada vez mais em foco, o mercado tem se mobilizado para apresentar cada vez mais produtos cruelty free (livres de crueldade) e veganos, mas os dois termos não são sinônimos, mesmo que muitos percebam dessa forma.

Mas então, afinal, qual a diferença?

Produto Cruelty free

Um produto livre de crueldade animal, como o nome mesmo aponta, é produzido livre de crueldade, ou seja, sem que animais façam parte de testes e experimentos. Então para que ele seja criado, nenhum animal foi utilizado como cobaia.

Produto vegano

Além de precisar ser Cruelty free, é todo e qualquer produto preparado sem insumos/ingredientes de origem animal. Nos cosméticos os principais utilizados acabam sendo o leite, o mel e a cera de abelhas em itens como hidratantes, shampoos, sabonetes, cremes depilatórios e outros.

Ou seja, todo produto vegano é Cruelty free, mas nem todo produto Cruelty free é vegano. Para descobrir sobre a procedência dos insumos e como o produto é elaborado, existem diferentes organizações que já fiscalizam e concedem selos para assegurar que essa informação procede. Os selos mais comuns em produtos veganos são da Vegan Society, Certified Vegan e nacionalmente da SVB. Já alguns selos que apontam se o produto é livre de crueldade são Choose cruletry free, Cruelty Free international e PETA Approved.

 

LEIA TAMBÉM: TODAS VACINAS CONTRA A COVID-19 FORAM TESTADAS EM ANIMAIS?

 

Com a demanda crescente por esses produtos, as marcas estão se adaptando e mudando. Lembrem-se: nós moldamos o mercado. E você, já está repensando seu consumo?

 

Texto escrito por Vegalizai