TODAS VACINAS CONTRA A COVID-19 FORAM TESTADAS EM ANIMAIS?

Se tem algo que muito tem se falado (e esperado) ultimamente, é o início da vacinação. Agora... será que todas vacinas contra a COVID-19 foram testadas em animais?

O processo de desenvolvimento de uma vacina possui uma série de protocolos e procedimentos, sendo dividido por fases. Cada fase possui um papel, respectivamente: estudo, criação, teste em animais, teste em humanos, aprovação e fabricação.

Explicando melhor cada fase para ficar claro o papel dos testes em animais:

FASE 1: EXPLORATÓRIA OU LABORATORIAL
Fase de muito estudo e pesquisa em que se formulam as composições das vacinas. Aqui, são realizados testes in silico e in vitro para entender se a vacina tem potencial.

FASE 2: PRÉ-CLÍNICA OU NÃO CLÍNICA
Com resultados promissores na fase in vitro, são realizados os testes em animais, como hamsters e porquinhos-da-índia, para comprovação dos dados obtidos antes. Aqui, o importante é dar segurança para testar em humanos. 

FASE 3: CLÍNICA
É a fase em que a vacina é testada em humanos, sendo eles voluntários.

Depois, inicia toda análise de eficácia, a aprovação pelo instituto responsável de cada país, a fabricação e o cronograma de vacinação.

 

Leia também: VACINA E VEGANISMO

 

De forma padrão, todas vacinas passam por essas três fases para serem seguras. Mesmo com os testes das vacinas ocorrendo em animais e independente da ideologia que se acredita, precisamos comemorar esse momento. As pessoas que se vacinam, não estão apenas se protegendo, mas indiretamente, estão impedindo a disseminação da doença, dentro da comunidade, do seu bairro, da sua cidade. É uma responsabilidade individual que impacta no coletivo. Finalmente, depois de um 2020 repleto de dificuldades, podemos olhar para esse ano com esperança por dias melhores.

 

Texto escrito por Vegalizai