VERÃO, ATIVIDADES AO AR LIVRE E O "NOVO NORMAL"

Por mais que as coisas estejam voltando ao “novo normal”, ainda temos muitas limitações e restrições ao acesso as atividades físicas, não é mesmo?

Recebo diariamente no meu consultório pacientes que não conseguiram praticar nenhum tipo de exercício durante o período de quarentena e ainda estão tentando voltar aos bons e velhos hábitos. Associado a isso percebi o ganho de peso em cerca de 80% dos pacientes, por diversos motivos em comum, em que o principal é a ansiedade, tédio e receio pelo o que estar por vir. Nada como a produção de endorfina gerada no exercício para modular essa ansiedade e consequentemente diminuir a compulsão alimentar e aumentar a oxidação de gordura.

 

Leia também: 8 DICAS DE COMO MANTER BOA ALIMENTAÇÃO EM VIAGENS

 

Mas e agora!? As academias reabriram e as atividades ao ar livre também foram liberadas, qual escolher? Se você não tem academia no prédio ou em casa, opte por atividades ao ar livre. Além da energia de estar em contato com a natureza, é um ambiente "mais seguro” e também prazeroso.

Listei algumas opções de esportes - aposto que com alguma você vai se identificar!! Caso você não more em regiões de praias, procure alguma das opções em praças, parques, playground ou em áreas abertas de condomínios.

 

FUNCIONAL

Essa atividade geralmente tem um número reduzido de pessoas, há um considerável gasto calórico e conseguimos trabalhar todas as partes do corpo. É rapidinho e tem um professor para você firmar compromisso e não faltar.

 

CANOA HAVAIANA

Geralmente a galera sai bem cedo para remar ao nascer do sol. Além da energia do contato com o sol e o mar, você trabalha bem a parte superior dos membros, o core e começa o dia bem mais leve.

 

TECIDO ACROBÁTICO

Acredito que não são todas as cidades que possuem, mas sempre que vejo a prática nas pontes do meu bairro fico encantada com as cores, flexibilidade, habilidade e energia do exercício.

 

MUAY THAI

Essa é fácil, tendo um treinador e um par de luvas você treina em qualquer lugar. Eu fiz por um bom tempo no meu play e amava, é a atividade perfeita para extravasar toda sua ansiedade e angústia desse momento. Trabalha bem a parte superior e inferior e é super dinâmica. Atualmente vejo em praias, praças e calçadão, em qualquer espacinho é possível.

 

FUTEVÔLEI/ VÔLEI

Recentemente fiz algumas aulas na praia e fiquei apaixonada. É uma atividade que possui diversos horários e dias e com isso fica mais flexível para você se organizar. Em qualquer praia, clube e espaço para por uma rede tem uma escolinha.

 

ASSESSORIA DE CORRIDA

Correr sempre vai ser a atividade mais “fácil” que tem, pois aparentemente basta calçar o tênis e sair correndo por aí, né?! Mas ressalto a importância de uma assessoria profissional, por mais que seja simples, também é comum o surgimento de lesões!! Inclusive correr em grupo motiva muito mais do que correr sozinho e ter uma planilha para seguir faz com que criamos disciplina.

 

NATAÇÃO

Em um clube ou no mar, nadar é sentir a liberdade e trabalhar todo o corpo. Atividade sem impacto e indicada para todas as idades.

 

BIKE

Speed, mountain bike ou praiana, qualquer uma vale!! Pedalar também é uma paixão na minha vida, chegamos longe sem sentir os kms percorridos. Inclusive foi bem cogitada na quarentena e pós quarentena, os estoques das lojas físicas e online ficaram zerados por um longo tempo!!

 

TRILHA

Se você tem flexibilidade de horários, não deixe de curtir as trilhas da sua cidade em dias de semana, são mais vazias e você curte muito mais os visuais e a natureza. E se der sorte ao final, ainda consegue um mergulho na cachoeira.

 

TÊNIS

Está aí um esporte maravilhoso ao ar livre e com pouco contato. Nunca fez? De repente pode marcar uma aula experimental na sua cidade.

 

YOGA

Essa atividade explodiu nas redes socias durante a quarentena e deu tão certo que os professores adotam até hoje aulas pelo zoom. Mas também vejo com frequência nas praias e parques uma turma reduzida com seus tapetinhos mantendo a distância e praticando ao ar livre.

 

São muitas as opções, né? Exercício é vida e sempre vale experimentar novas modalidades.

 

Recentemente, a VEJA SAÚDE publicou resultados de uma pesquisa online feita com 938 brasileiros que contraíram Covid-19. A pesquisa apontou que a prevalência de hospitalização pela doença foi menor entre os voluntários considerados suficientemente ativos. A pesquisa ressalta que a atividade física não conferiu proteção em termos de tempo de internação, intensidade dos sintomas e necessidade de suplementação de oxigênio ou de intubação em pacientes hospitalizados. Mas que a prática de atividade física ajuda a controlar o peso e a prevenir doenças crônicas, como diabetes e hipertensão, considerados fatores de risco para o agravamento da infecção.

 

Não espere a pandemia acabar para iniciar alguma atividade, se mantenha ativo sempre e se puder ser em contato com a natureza, com exposição solar e aproveitando o verão é melhor ainda.

 

Texto escrito por Camille Dutra - Nutricionista especialista em Nutrição Esportiva Funcional.