CRISE DE AGUA NO RJ E SUSTENTABILIDADE

Desde o início do ano moradores do Rio vem relatando diferentes insatisfações com a água ao redor do estado. A água tá turva, com cheiro duvidoso e gosto nem se fala… Pois bem, isso não é nenhuma novidade. A questão que queremos falar é: como se já não bastassem todos os BOs diários a se resolver, agora até a nossa garrafinha reutilizável ou eco copo acabam saindo prejudicadas nessa. Um recurso natural e essencial como a água, que pegamos do filtro ou torneira, agora com vários boatos de contaminação e enfrentando uma crise de abastecimento real… Como faz???!

Primeiro de tudo, vamos com calma: ainda não há notícias que comprovem que a água esteja de fato contaminada de forma a afetar a nossa saúde. A CEDAE divulgou recentemente nota dizendo que uma substância orgânica está presente na água alterando seu sabor e apresentação, mas que não faz mal à saúde. Então cabe a cada um definir o que prefere. O gosto te incomoda muito? Você tem a opção de comprar os galões de água de empresas privadas (que estão com os preços super inflacionados), assim se evita ingerir a água ~duvidosa. Só não precisa viver comprando garrafas de plástico de single-use diariamente, vamos focar nos galões :) Agora, se o gosto é algo superficial pra você, que é possível ignorar, toca ficha na água do filtro que a tua saúde e o planeta seguem intactos. Ahh, e uma dica pra quem não consegue investir todos os dias nas águas engarrafadas e mesmo assim fica com um pé atrás: ferve a água! 

Fonte: Cavan/Alamy Stock Photo

 

De qualquer forma, essa crise é um reflexo de vários descasos do estado frente a uma necessidade tão básica da sua população quanto a água. O papo é sérião já que, de acordo com estudos, a demanda por uso de água no Brasil deve aumentar em 30% até o ano de 2030 (Agência Nacional das Águas - ANA). Então ao invés de só pensar na água que a gente tá consumindo hoje ou na semana que vem, é mega importante refletir sobre o nosso uso de água de um modo bem mais amplo. 

Vemos muitas pessoas falando sobre formas de economizar água: diminuir o tempo no banho, lavar o carro com balde, fechar a torneira ao escovar os dentes... e são medidas super importantes, porém não as mais impactantes. Em um almoço de família podemos economizar quase 15 mil litros de água. Como? Cortando a carne vermelha, ovos e leite em apenas UMA refeição de quatro pessoas. Segundo a SVB, cada porção de carne (311g) gasta 3.400 litros de água (o equivalente a cerca de 26 banhos de 15 minutos). E aí, o que impacta mais?

Fonte: SVB

 

Todos os esforços cotidianos pra reduzir o uso da água são importantes, mas se tornam quase insignificantes quando comparamos à redução da carne bovina da nossa rotina alimentar. Outros tipos de carne também gastam muita água se comparadas a alimentos vegetarianos.

É um momento muito difícil no Rio de Janeiro. Mas hoje, infelizmente, só nos preocupamos com a água e com todo o processo que acontece pra ela estar na nossa torneira, quando passamos por esses acontecimentos. Isso tudo envolve governo, saneamento, mas também nossa consciência. Que essa situação desagradável sirva pra abrir nossos olhos e pensar melhor nosso consumo. 

 

Escrito por: Vegalizaí