0

Seu carrinho está vazio

Dietas da Moda não mais

abril 09, 2021

A todo momento surge uma nova dieta da moda prometendo uma rápida ou definitiva perda de peso. Comumente estas dietas são lançadas no mercado através de um livro escrito por um suposto especialista e promovidas por celebridades. E lá vamos nós para mais uma tentativa!

Já não é novidade para ninguém que não existe caminho fácil para se atingir qualquer objetivo que seja, mas insistimos em dar mais uma chance para este tipo de proposta “só em caso de”. E assim se perpetuam estes modismos, geralmente acompanhados por uma série de produtos capazes de nos auxiliar na nova empreitada.

A Nutrição viveu a onda “low fat”, quando se acreditou que as gorduras eram as responsáveis pelo aumento do risco cardiovascular, e depois a onda “low carb” quando se percebeu que reduzir as gorduras não melhorou as taxas de obesidade – o culpado deveria ser os carboidratos então! Mas, infelizmente, também não resolveu. Parece que a palavra “moderação” tem dificuldade para entrar na moda.

A vilanização de um nutriente em específico ou de determinados grupos alimentares além de seduzir, por simplificar algo complexo (é mais fácil taxar os carboidratos como vilões e vender a ideia de que cortá-los da dieta para emagrecer do que considerar todos os fatores envolvidos no nosso complexo metabolismo, comportamento e ambiente), também facilita muito as nossas escolhas, que se tornam bastante menos numerosas quando excluímos grande parte das possibilidades.

Todas estas dietas da moda (do HCG, Whole 30, Paleo, Atkins, carnívora, detox e tantas outras) possuem algo em comum: facilitam o déficit calórico durante as primeiras semanas, enquanto conseguimos nos manter nelas, antes de finalmente chutarmos o balde (quem nunca?) por não suportarmos mais tamanhas restrições. É fato consumado: não se pode sustentar este tipo de abordagem no longo prazo. Assim, ao retomar os antigos hábitos, ganha-se peso novamente. Eis o famoso efeito sanfona.

Além do já exposto, a exclusão de grupos alimentares promove uma deficiência dos nutrientes neles presentes se não forem devidamente repostos, o que é por vezes impossível. Uma dieta que seja pobre em legumes, verduras e frutas não poderá suprir todas as nossas necessidades de vitaminas e minerais, e estes não podem ser adquiridos dentro de um pote, na forma de cápsulas ou de pó, não importa a mentira que tentem nos contar!

O verdadeiro segredo para o emagrecimento, em verdade, não é segredo algum! É preciso promover um déficit de calorias, enquanto se fornece nutrientes suficientes para a manutenção da saúde, através do consumo de alimentos que agradem o nosso paladar e estejam presentes na nossa cultura alimentar. E quer saber? Isto não é nada difícil! Basta que se conheça o que cada grupo alimentar oferece de nutrientes e ajustar as quantidades para as necessidades individuais. Isto pode ser feito por conta própria, se você reunir todas as informações necessárias, ou de forma mais segura por um nutricionista competente.

Mas, e aquela vez que você conseguiu perdeu 5kg em duas semanas quando seguiu determinada dieta, ou aquele antes e depois que você viu no Instagram? Estas perdas foram, sobretudo, de água, glicogênio e músculos, mas não de gordura corporal como se deseja, pois leva tempo para o corpo mobilizar estes estoques e utilizar como energia. Quando se surpreender com um antes e depois, se pergunte sobre o “depois do depois”, que costuma ser um enorme reganho de peso, a não ser quando se faz exatamente o que lhe proponho aqui: uma mudança de hábitos definitiva, construída aos poucos, mas de forma consistente.

Explore o nosso blog para mais informações sobre alimentação saudável e siga os nossos Guardians no Instagram para dicas diárias sobre como melhorar sua saúde e performance de forma sustentável – para você e para o planeta.

 

Um forte abraço e bons treinos. Comam seus vegetais!

Filipe.

 



Ver outros artigos

A relação entre o consumo de leite e o uso de terras
A relação entre o consumo de leite e o uso de terras

julho 28, 2021

A influência da suplementação de creatina no funcionamento cognitivo de vegetarianas e onívoras
A influência da suplementação de creatina no funcionamento cognitivo de vegetarianas e onívoras

julho 26, 2021

TRAIL RUN: UM ESTILO DE VIVER
TRAIL RUN: UM ESTILO DE VIVER

julho 21, 2021