Dicas para Transição Alimentar

dezembro 29, 2020

Uma vida sem carne é uma vida aberta para conhecer novos sabores e acolher a natureza com mais empatia e consciência. O mês de outubro já começou especial com o dia Mundial do Vegetarianismo (01/10) e por isso trazemos aqui algumas dicas de transição que todo mundo devia receber pra entender melhor a transição pra esse universo.

 

Leia também: VACINA E VEGANISMO

 

Imagem: Buzzfeed

 

Identifique o que te motiva a fazer essa mudança:

Vai ter gente dizendo que é moda, vai ter gente dizendo que é passageiro, que é extremo ou até impossível, mas o que tem que pesar no fim é a tua vontade real de mudança. O que te motiva? Que assuntos relacionados te inspiram? Busca referências em bons livros, documentários, sites especializados, grupos e redes de apoio. Conhecimento é algo que nada apaga, e nossa motivação é sempre individual. Seja pelos animais, pela sua saúde ou pelo meio ambiente, o importante é saber o que te move dentro disso.

 

Imagem: Green Me

 

Procure receitas que te inspiram:

Pra além da motivação, se inspire vendo a mudança no prato dos outros! O universo vegetariano estrito é incrível porque na verdade, de estrito não tem nada: a variedade de alimentos que você pode se abrir pra experimentar é gigante e basta ter interesse e persistência pra encontrar as receitas mais incríveis que teu paladar poderia imaginar  - ei, dica importante: não desanima sempre que testar uma receita e der muito errado ou simplesmente não agradar teu paladar, não tem como dar certo toda vez, né?

 

Foto: Vegalizai

 

Se atenta na lista de compras:

Depois que a gente começa essa mudança, a atenção aos rótulos se torna ainda mais importante, mas não precisa ser um mistério e não pensa que é algo muito difícil. O importante é ir cortando do teu consumo alguns itens que já não façam mais sentido pra ti! Os nomes mais complicadinhos que se pode encontrar e ficar na dúvida lendo os rótulos nós separamos nessa matéria aqui.

 

Buscar ajuda de um especialista:

O acompanhamento de um profissional da saúde capacitado pode e deve ser mega benéfico quando se abre para o vegetarianismo. A alimentação vegetariana estrita é saudável mas adaptar totalmente uma rotina alimentar sem nenhum embasamento pode ser perigoso, e por isso é interessante buscar um nutricionista ou endrocrinologista para auxiliar nesse momento delicado e igualmente maravilhoso. Uma questão importante nessa busca é encontrar um profissional que acolha e entenda suas motivações, e inclusive te ajude a desmistificar a alimentação vegetariana e ajude a sentir prazer ao longo dessa jornada.

 

Imagem: Catraca Livre

 

Tenha trocas com pessoas que estão vivendo ou já viveram essa transição:

Conversar com pessoas que passam ou já passaram por uma situação similar a sua é incrível para receber dicas e conselhos maravilhosos. É ótimo pra desmistificar algumas dúvidas, encontrar alternativas a alguns obstáculos e inclusive se motivar ainda mais com o teu propósito. Essa troca de experiências também permite que você entenda algumas mudanças que vão muito além da alimentação - caso seja do seu interesse. De qualquer forma, lembra de não se comparar com o processo dos outros: cada um tem a sua jornada e processo individual, e isso é incrível!

 

Texto escrito por Vegalizai

Business Development
Business Development



Ver artigo completo

Você sabe a diferença entre veganismo pragmático e abolicionista?
Você sabe a diferença entre veganismo pragmático e abolicionista?

abril 18, 2021

Seaspiracy - Novo documentário da Netflix mostra como estamos destruindo os oceanos
Seaspiracy - Novo documentário da Netflix mostra como estamos destruindo os oceanos

abril 09, 2021

Dietas da Moda não mais!
Dietas da Moda não mais!

abril 09, 2021