0

Seu carrinho está vazio

DECIFRANDO OS RÓTULOS: TABELA NUTRICIONAL

outubro 05, 2021

Dando continuidade ao tema "DECIFRANDO OS RÓTULOS: COMO SABER SE O PRODUTO É SAUDÁVEL?", agora, ao invés de focar nos ingredientes, é a vez de abordar sobre a tabela nutricional.

É comum algumas pessoas acharem que a parte mais importante de avaliar no produto está ali, na parte de calorias, mas a tabela vai muito além.

A função da tabela nutricional, obrigatoriamente presente em todos os industrializados, é informar ao consumidor sobre a composição do alimento e a quantidade de nutrientes que o produto fornece. 

 

A tabela é dividida em três partes:

1. A primeira parte indica a porção “ideal” do produto que deve ser usualmente consumida por dia, em uma alimentação saudável.

Como mostra o exemplo no nosso sachê: 34g em 1 unidade. 

 

2. A segunda parte indica os nutrientes que compõem o produto.

 

- Em primeiro lugar sempre vem o Valor Energético/ Calorias:  muitas pessoas pensam que só essa informação basta, mas o importante é ver de qual macronutriente (carboidrato, proteína ou gordura) vem essa energia e qual a qualidade dela.

- Carboidratos: sua principal função é fornecer a energia para as células do nosso corpo. Em alguns produtos pode conter açúcares logo abaixo, sendo natural do próprio ingrediente ou adicionado. 

- Proteínas: participam da formação de hormônios e enzimas, tecidos, células e órgãos do corpo. A proteína pode ser de origem vegetal ou animal. 

Gorduras Totais: as gorduras totais referem-se à soma de todos os tipos de gorduras encontradas em um alimento, o que inclui as saturadas, insaturadas, poli-insaturadas e trans.

Gorduras Saturadas: elas são encontradas em alimentos de origem animal como em carnes, ovos e laticínios. E de fonte vegetal, como o óleo de coco e de palma.

Gorduras Trans: o consumo desse tipo de gordura deve ser banido, pois aumenta  o risco de acidente doenças cardiovasculares e problemas inflamatórios.

- Ômega 3: Entre diversos benefícios, o principal eh sua ação anti-inflamatória. Ele pode ser de fonte animal (peixe) ou vegetal (semente de chia/ linhaça).

- Fibra Alimentar: Ajudam a controlar a absorção de carboidratos pelo organismo e ajudam a evitar a formação de gordura. Também tem importante papel no funcionamento do sistema digestivo. 

Sódio: Tem papel importante na hidratação, mas deve ser consumido com moderação. 

 

Além dos nutrientes citados acima, alguns produtos podem conter ou serem adicionados  de outras substâncias como aminoácidos, vitaminas e mineiras, enzimas e probióticos.

 

3. A terceira parte indica o percentual do valor diário (VD).

O VD (valor diário), que fica ao lado direito da tabela, de cada item é o percentual recomendado do que deve ser o total consumido no dia para a nutrição de uma pessoa adulta e saudável. Esses valores foram elaborados pelo Ministério da Agricultura a partir de dados da OMS ( Organização Mundial da Saúde). Exemplo: se o VD da proteína é 31%, significa que falta 69% para a pessoa consumir, de outras fontes de alimento, no restante do dia.

 

4. Também é obrigatório que haja: Advertências gerais, restrição de uso, declaração de presença de alergênicos como glúten/ lactose.

 

São muitas informações que ficamos até confusos, não é mesmo? Mas pode ser mais simples do que parece, foque em uma dieta rica e variada. E evite os produtos que só fornecem açúcares ou gorduras saturadas, o famoso “ caloria vazia”.

 



Ver outros artigos

UM RELATO DE UMA AVENTURA EM KONA, HAVAÍ
UM RELATO DE UMA AVENTURA EM KONA, HAVAÍ

outubro 13, 2021

3 RECEITAS RÁPIDAS DE LEITES VEGETAIS
3 RECEITAS RÁPIDAS DE LEITES VEGETAIS

outubro 06, 2021

OVERCOMING OBSTACLES
OVERCOMING OBSTACLES

setembro 29, 2021